Velho Junkie: Do Rock Clássico ao Grunge

227

Grupo valinhense toca clássicos e lados B de medalhões do estilo, além de ter na manga um tributo a ícones grungeiros

Por Bruno Matheus

Composta por Allan Azevedo (vocalista e guitarrista), Adriano Casacio (guitarrista), Renato Casacio (vocalista e baixista) e Miguel Rambo (baterista), a banda Velho Junkie está em atividade desde 2010 e já fez dezenas de shows na região. O grupo de Valinhos toca o bom e velho Rock n´ Roll, fazendo covers de músicas de bandas como Rolling Stones, The Doors, Led Zeppelin, Black Sabbath, Pink Floyd, AC/DC, entre outras.

“Preferimos tocar o ‘lado B’ de algumas bandas para causar surpresa e não ficar no óbvio”, frisou Adriano Casacio.  Já as influências da banda variam do Blues rock, Metal, Grunge, Punk, Progressivo e Psicodélico. Sobretudo o Grunge os influenciou muito, tanto que desde 2015, montaram um projeto temático – “The Sounds of Seatlle” – um show em homenagem às bandas Pearl Jam, Nirvana, Alice in Chains e Soundgarden.

No município, o Velho Junkie já se apresentou no Mega Sandubão, no Ulier Beer Garden e no Bar do Adão. “Valinhos possui ótimas bandas de rock. Temos amigos em várias. Mas falta mais espaço aqui em nossa cidade! Fica aí o nosso recado”, declarou Casacio.

Estilo de vida

O Velho Junkie visa contribuir para a valorização e a visibilidade do Rock e pretende gravar um álbum independente de músicas próprias. “Rock n´ Roll sempre esteve associado à liberdade, às transformações do mundo, ao rompimento de barreiras e à contestação de uma sociedade padronizada e hipócrita. Por isso, o Rock é muito mais do que música, é um estilo de vida. Vida longa ao Rock!”, explicou Adriano Casacio. A banda toca amanhã, dia 14, às 19h30, abrindo a Festa do Figo no Palco do Rock. No dia 19/1, no Echos Studio Bar, em Barão Geraldo, apresentarão o especial “The Sounds of Seatlle”.

Fonte: Velho Junkie: Do Rock Clássico ao Grunge | Jornal Terceira Visão Online