Repúblicas estudantis voltam a ser alvos de criminosos em distrito de Campinas

0
190

Três assaltos foram registrados em Barão Geraldo, na semana passada. Polícia Militar alega que faz ações preventivas na área e nega redução de efetivo e viaturas.

Estudantes universitários reclamam de insegurança em Barão Geraldo

Estudantes universitários reclamam de insegurança em Barão Geraldo

As repúblicas estudantis no distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP), voltaram a ser alvos de criminosos. De acordo com a Polícia Civil, três assaltos foram registrados na semana passada, enquanto que durante 2016 não foram contabilizados crimes deste tipo no município.

Os ladrões agiram de forma semelhante nas ações, informou a corporação à EPTV, afiliada da TV Globo. Uma estudante, que prefere não ser identificada, lembra que ela e sete amigas foram rendidas por dois homens, um deles armado, que invadiram a residência e levaram pertences.

“Eles falaram que era um assalto, pra ir todo mundo pro chão, com arma, todas elas foram e quando foi chegando mais gente na copa, eles foram rendendo uma por uma”, explica.

Uma colega, que não foi notada pelos ladrões, conta que durante o crime ela enviou mensagens a amigos para que eles acionassem a polícia, mas o auxílio demorou.

“Teve um que desligou ‘na cara’ achando que era trote […] No fim atendeu, mas pelo jeito não deu nada porque eles demoraram para chegar. Já tinham [os suspeitos] ido embora há muito tempo”,

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do estado (SSP), o 7º Distrito Policial de Campinas, em Barão Geraldo, registrou no primeiro quadrimestre deste ano 229 roubos – média de dois por dia; e 545 furtos, que representam quase cinco. As estatísticas incluem crimes envolvendo veículos.

Três repúblicas estudantis foram assaltadas na semana passada (Foto: Reprodução / EPTV)Três repúblicas estudantis foram assaltadas na semana passada (Foto: Reprodução / EPTV)

Três repúblicas estudantis foram assaltadas na semana passada (Foto: Reprodução / EPTV)

Dicas

A Polícia Militar ressaltou que faz ações preventivas na região e orienta os estudantes a deixarem fechadas portas e janelas das casas. Além disso, a corporação destacou que não houve redução de viaturas e número de profissionais que atuam nas ações de segurança no distrito de Barão Geraldo.

Fonte: Repúblicas estudantis voltam a ser alvos de criminosos em distrito de Campinas | SP / Campinas e Região | G1