Prefeitura cancela carnaval de rua de Campinas e há possibilidade de repressão

205
Bloco_do_cupinzeiro
Festa popular agora é caso de polícia?

Em dezembro de 2015, a Prefeitura de Campinas anunciou o cancelamento do carnaval de rua em 2016, buscando com isso reduzir gastos.

Com o cancelamento, não haverá neste ano o tradicional desfile das escolas de samba, nem trios elétricos e outras apresentações culturais promovidas pelo município.

Com o cancelamento do carnaval de rua, a Prefeitura disse, na ocasião, que faria uma economia de pelo menos 1,3 milhão. A informação foi de que o cancelamento seria uma questão pontual deste ano, por conta da crise financeira. A intenção é que a festa seja mantida nos anos seguintes.

Ao anunciar o cancelamento, a Prefeitura garantiu, no entanto, o apoio de estrutura de banheiros e segurança para os blocos organizados pela população.

O fato é que na última terça-feira, 19, o vereador Thiago Ferrari (PTB) publicou na sua página em uma rede social uma mensagem dizendo que não haverá carnaval em Barão Geraldo. “O secretário de Cultura garantiu a mim e ao prefeito que não haverá Carnaval no centro de Barão e que estão sendo tomadas todas as medidas necessárias junto a GM e PM”, diz a mensagem. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Fonte: Prefeitura cancela carnaval de rua de Campinas e há possibilidade de repressão