Paciente com Covid aguarda leito de UTI em hospital particular de Campinas: ‘Não tem’

86

Homem teve falta de ar e descobriu comprometimento de parte do pulmão. Ele foi internado na enfermaria do Centro Médico, no distrito de Barão Geraldo, à espera de vaga em unidade de terapia intensiva.

Paciente aguarda leito de UTI na rede particular em Campinas

Um homem com os pulmões comprometidos por causa da Covid-19 foi internado na enfermaria do Hospital Centro Médico, em Campinas (SP), e está à espera de uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A situação foi relatada pela esposa dele nesta quinta-feira (18).

“O caso dele prescreve UTI e não tem UTI. Infelizmente, nós estamos nesse nível da saúde”, afirma a empresária e esposa do paciente, Marileia Maglio.

 

O esposo dela testou positivo no dia 11 de março. Voltou para casa após ser medicado e precisou voltar ao hospital por causa de falta de ar. Uma tomografia resultou em capacidade de 75% do pulmão e ele apresenta quadro de infecção, segundo Marileia.

“Só queria deixar claro que é uma doença muito ingrata e silenciosa, porque ele estava bem. Estava medicado, tranquilo e, do nada, veio essa infecção pulmonar”, afirma a empresária e esposa do paciente, Marileia Maglio.

 

G1 procurou o hospital para comentar a falta de vagas de terapia intensiva, mas não teve retorno até esta publicação.

Marileia Maglio, empresária de Campinas, revela falta de UTI Covid em hospital particular da cidade e marido está na fila de espera. — Foto: Reprodução/EPTV

Marileia Maglio, empresária de Campinas, revela falta de UTI Covid em hospital particular da cidade e marido está na fila de espera. — Foto: Reprodução/EPTV

Colapso na rede particular

 

Também nesta quinta, a rede particular da metrópole deu sinais de colapso no atendimento a planos de saúde. O Hospital Beneficência Portuguesa anunciou que interromperá, a partir de sexta (19), o atendimento de urgências no Pronto-socorro (PS) para usuários de convênio da Unimed.

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou que foi comunicada da restrição e informou que trata-se do primeiro hospital da rede privada da cidade a suspender atendimentos.

A rede particular enfrenta lotação na pandemia, e já havia suspendido a realização de cirurgias eletivas nesta quarta (17). A medida foi formalizada pela prefeitura em decreto no Diário Oficial desta quinta.

Falta de leitos é geral

 

A falta de vagas em UTIs para tratamento de pacientes com coronavírus vem sendo um problema crônico desde o início do ano na rede pública da região de Campinas. Pacientes já morreram na fila de espera pela vaga.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informou que a demanda por transferências de pacientes cresceu 117% em relação ao pico da pandemia, em meados de 2020. Disse que depende da disponibilidade de leitos e da condição clínica do paciente para realizar a transferência.

Irineu Follegatti, de 73 anos, aguardou por dias um leito de UTI Covid em Valinhos; ele morreu pouco tempo depois de conseguir — Foto: Reprodução/EPTV

Irineu Follegatti, de 73 anos, aguardou por dias um leito de UTI Covid em Valinhos; ele morreu pouco tempo depois de conseguir — Foto: Reprodução/EPTV

Origem: Paciente com Covid aguarda leito de UTI em hospital particular de Campinas: ‘Não tem’ | Campinas e Região | G1