Homem é morto a golpes de machado em Barão Geraldo

396
O desenhista Jefferson Roberto Ananias, de 45 anos, foi morto por um grupo de homens com idades entre 50 a 70 anos, durante uma suposta tentativa de furto a uma chácara, na segunda-feira (2), no Jardim América, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas.
Segundo testemunhas, Ananias foi assassinado a golpes de machado, pedaços de pau e de faca. Ele chegou a ser levado por uma amiga ao Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, mas não resistiu aos ferimentos.
Os agressores fugiram e até esta terça-feira não tinham sido identificados. O desenhista era ex-presidiário e morava no Real Parque, na casa da amiga que o socorreu. Segundo a mulher, uma doméstica de 36 anos, Ananias foi visto saindo da casa dela por volta das 16h e pouco tempo depois, conhecidos a chamaram avisando que de três a quatro homens espancavam a vítima. Ela correu até o endereço indicado e avistou os suspeitos empurrando uma carriola em um terreno baldio.
Ananias estava no carrinho, ferido. “Os homens fugiram. Na hora só me preocupei em socorrê-lo”, contou. “Me contaram que os agressores o pegaram pulando dentro de uma chácara, não sei até que ponto é verdade”, disse.

Fonte: Correio Popular