Estudantes devem ter cuidado ao alugar kitnet em Barão Geraldo

268

pedrobelezza ccEntrar em uma kitnet em Barão Geraldo pode ser fácil, mas para sair a situação pode complicar. Muitas imobiliárias de Barão Geraldo e bairros vizinhos são bastante honestas e respeitam os inquilinos, mas sempre há exceções e os estudantes que pretendem morar em Barão Geraldo ou na região devem estar atentos para não caírem em verdadeiras arapucas.

Percebendo falta de experiência em locação, alguns estudantes podem ser submetidos a contratos leoninos com cláusulas questionáveis e abusivas, mas não ilegais. Esse é o grande problema.

Fora isso, há relatos de estudantes em que há má fé e total descaso dos responsáveis pela locação. Equipamentos oferecidos sempre quebram, há demora no conserto, atendimento de péssima qualidade etc.

Aqui vão algumas dicas para evitar ser tratado de forma desonesta durante a locação e o período de locação.

Não se encante com o imóvel, deixando de lado algumas recomendações importantes. Pergunte para vizinhos e outros como é o tratamento da imobiliária, o funcionamento dos equipamentos do imóvel etc.

Verifique se a imobiliária responde os e-mails enviados por outros inquilinos.

Sempre que for comunicar algo de errado à imobiliária ou ao locador, leve duas vias e peça um visto, como garantia de que o comunicado foi feito. Caso tenha dificuldade de conseguir um simples visto de recebimento, tenha a certeza que está lidando com gente desonesta.

O principal é o contrato. Não aceite que o desconto inicial de locação entre no contrato. Por exemplo, o imóvel vale R$ 1.300,00 e você ofereceu menos e fechou por R$ 1.100,00. Então, o contrato não pode registrar R$ 1.300,00 com desconto. Visto que depois o reajuste recai sobre os R$ 1.300,00.

Não aceite cláusulas especiais, extras, ou abusivas etc.

Exija a cláusula que permite a desocupação do imóvel após 12 meses sem multa. Essa é uma cláusula comum e mostra civilidade do locador, mas não é definida em lei. Então, ao retirar essa cláusula, o estudante fica preso ao imóvel e só poderá desocupar ao final do contrato, caso não queira pagar multa.

Caso tenha caído nessa armadilha dos 30 meses de contrato, lembre-se que legalmente a multa é proporcional ao tempo que resta para finalizar o contrato. Então, se a multa é de 3 aluguéis e já ficou 20 meses no imóvel, a multa é proporcional aos 10 meses restantes, portanto, de apenas 1 aluguel.

Atento à vistoria do imóvel. Verifique a condição dos equipamentos, pinturas e manchas e limpeza. Tire fotos e envie por e-mail para a imobiliária. Faça constar essas observações na vistoria. Se não fizer isso, você poderá ser cobrado ao sair do imóvel. Estudantes já passaram por vistoria final em que o agente da imobiliária ampliou o zoom da câmera do celular para pegar pequenas manchas na parede, que a pintura não cobriu por irregularidade da própria construção. Não há limites para a desonestidade.

Se deixou cheque caução ou depósito como garantia no lugar do fiador, o cuidado deve ser redobrado. Imobiliária desonesta vai tentar pegar um pouco desse dinheiro no final do contrato, seja na vistoria ou em multa.

Fonte: Estudantes devem ter cuidado ao alugar kitnet em Barão Geraldo