Dois dias após tempestade, região de Campinas soma 9,9 mil sem energia

204

Levantamento da CPFL foi divulgado nesta tarde e inclui seis municípios.Sem previsão para normalizar serviço, empresa diz que mobilizou equipes.

Dois dias após a tempestade que causou estragos em cidades paulistas, aproximadamente 9,9 mil clientes da região de Campinas (SP) continuam sem energia elétrica, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira (10) pela CPFL. A interrupção do serviço abrange seis municípios, entre eles, Americana, Campinas, Paulínia, Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.

Cidade Clientes s/energia
Americana 4 mil
Campinas 2 mil
Paulínia 1 mil
Piracicaba 1 mil
S. B. d’Oeste 1 mil
Sumaré 900
Fonte: CPFL, às 16h

A maioria dos clientes ainda prejudicados pela falta de energia, 4 mil, são moradores de Americana. Segundo a Defesa Civil, na cidade houve 300 quedas de árvores por causa do vento e chuva fortes.

Com salão de beleza parado há dois dias, a cabeleireira Deize de Freitas lamenta os prejuízos financeiros. “Tudo desligado, salão vazio e funcionários parados”, explicou. Tom semelhante é o da professora Elza Principe, uma vez que os medicamentos usados pelo marido dela estragaram porque devem ser mantidos em geladeira. “Chamamos CPFL, tudo ocupado”, resumiu a docente.

A concessionária, entretanto, afirma que há 150 técnicos trabalhando na região de Americana. “Tem a necessidade de implantar vários postes e reconstruir as redes. Há um dificuldade grande”, alegou o engenheiro da CPFL Manoel Pinheiro Filho.

Além de provocar danos em diversas cidades, o temporal registrado na tarde de terça-feira deixou pelo menos 274 mil clientes da região de Campinas sem energia. Na ocasião, o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas da Unicamp (Cepagri), registrou ventos de 98,3 km/h no distrito de Barão Geraldo, região leste de Campinas.

Empenho
Sem prazo para normalizar o serviço, a CPFL garante que todas as equipes irão permanecer mobilizadas até completa recuperação do sistema elétrico na região. Além disso, ressalta que a força de trabalho foi direcionada para atender os casos de hospitais, unidades básicas de saúde, clientes com UTI domiciliar, escolas e equipamentos públicos.

Funcionário da CPFL trabalha para recuperar serviço de energia elétrica em Americana, SP (Foto: Reprodução / EPTV)Funcionário da CPFL trabalha para recuperar
serviço de energia  (Foto: Reprodução / EPTV)

Em nota, a assessoria da empresa adiantou que monitora a aproximação de uma nova frente-fria e que as equipes estão posicionadas para atender às possíveis ocorrências decorrentes do temporal e restabelecer o serviço o mais breve possível.

“Há a possiblidade de fatores externos a nossa rede elétrica, como raios, galhos, objetos e árvores, serem lançados pela força das rajadas de vento sobre a rede e interromperem o fornecimento de energia elétrica”, informa texto da assessoria.

Fonte: G1 – Dois dias após tempestade, região de Campinas soma 9,9 mil sem energia – notícias em Campinas e Região