Conseg Barão Geraldo, Unicamp e blocos de rua do distrito realizam a campanha “Carnaval Sem Fome”

106

Com a folia suspensa este ano em virtude da pandemia de Covid-19, os tradicionais blocos de Carnaval de rua de Barão Geraldo, a Unicamp e o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do distrito se uniram na campanha “Carnaval Sem Fome”. O objetivo é arrecadar alimentos que serão destinados para famílias carentes que vivem na região de cobertura do Conseg, que abrange Barão Geraldo e a área do Jardim São Marcos.

A campanha terá uma abertura oficial nesta sexta-feira (12), às 10h, na praça de entrada do campus da Unicamp. Para não promover aglomerações, ela será restrita aos organizadores e membros da Prefeitura Municipal de Campinas. A arrecadação dos alimentos vai funcionar durante os cinco dias de Carnaval, entre 12 e 16 de fevereiro, das 10h às 14h. Os pontos de arrecadação estão em locais estratégicos de Barão Geraldo, e irão receber as doações de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza e higiene pessoal.

Confira a localização dos pontos:

-Associação Pró-Bairro – Cidade Universitária
Rua Márcia Mendes, 702, Cidade Universitária

– Portaria 5 da Unicamp
Av. José Próspero Jacobucci, 446, Parque das Universidades

– Casa Pierre Montouchet/Unicamp
Rua Edna Barros Sanches, 91, Vila Santa Isabel

– Academia Sérgio Cavalcante
Rua Macedo Soares, 991, Cidade Universitária

– Lustres Santa Isabel
Avenida Santa Isabel, 87, Barão Geraldo

– Centro Cultural Casarão Campinas
Rua Maria Ribeiro Sampaio Reginato, s/n, Residencial Terras do Barão

Para evitar aglomerações, foram desenvolvidos esquemas para que as doações possam ser feitas em drive thru, para que as pessoas não precisem sair de seus carros, ou pessoalmente, no caso de quem estiver a pé. O planejamento também inclui protocolos para os voluntários que vão trabalhar durante a campanha. Toda organização ficou a cargo da Unicamp, que desenvolveu um manual com recomendações de segurança e também disponibilizou o acesso a vídeos desenvolvidos pela Escola de Educação Corporativa da Unicamp (Educorp) e pela Rádio e TV Unicamp.

Além dos protocolos de segurança, a universidade também vai fornecer álcool em gel para os voluntários, álcool 70° para higienização das doações e outros materiais de segurança.

Ação conjunta

Membro do Bloco do Cupinzeiro, um dos parceiros na realização da campanha, Hidalgo Romero destaca o papel do Carnaval não apenas como uma festa de rua, mas também como um evento com o potencial de promover reflexões sobre a sociedade e a forma com que ela se relaciona com o espaço urbano. “O Carnaval representa algo muito importante, que é uma resistência cultural identitária. Tem também um simbolismo de ocupação do espaço público, das ruas. Essa liberdade e esse empoderamento do carnaval, de ser democrático e acolher a todos, é um pouco o espírito dessa campanha”, comenta.

Segundo ele, o envolvimento dos blocos na causa solidária já vai garantir uma boa arrecadação: “Nós percebemos que, se pelo menos os integrantes de cada bloco doassem 1 kg de alimento, só nos blocos já teríamos 250 kg de doações, porque somos em cerca de 250 pessoas, então já começaríamos bem”. Além do Bloco do Cupinzeiro, participam da campanha os blocos União Altaneira, Berra Vaca, JegueGerso, Maracatucá, Bloco Matuá e das Caixeirosas.

Informações e imagem: site da Unicamp

Veja o vídeo da campanha: