Baixa umidade do ar deixa Campinas em estado de alerta, diz Defesa Civil

230
Cidade registrou índice de 19,8% no fim da tarde de sexta-feira (18).
As outras 19 cidades da RMC estão em atenção, segundo boletim.
Com baixa umidade relativa do ar, moradores devem evitar atividades com exposição ao sol (Foto: Prefeitura Municipal de Campinas)Moradores devem evitar atividades com exposição ao sol neste sábado (Foto: Prefeitura de Campinas)

Campinas (SP) entrou em estado de alerta por conta da baixa umidade relativa do ar, segundo boletim divulgado na noite de sexta-feira (18) pela Defesa Civil. O índice registrado foi de 19,8%.

As outras 19 cidades da Região Metropolitana (RMC) estão em estado de atenção, de acordo com o órgão, por terem ficado com índice de umidade relativa do ar entre 20% e 30%. O valor mais baixo, de 22,4%, foi verificado durante as medições em Indaiatuba e Monte Mor.

O Centro de Pesquisas Meteorológicas da Unicamp (Cepagri) informou que o nível do índice ultravioleta no estado de São Paulo deve ficar entre 10 e 11, em escala que segue até 13. Por isso, a recomendação é para que os moradores usem protetor solar e evitem exposição. Além disso, é necessário ter mais cuidado com a hidratação, sobretudo para crianças e idosos.

Novo recorde?
Os termômetros instalados no distrito de Barão Geraldo, em Campinas, registraram temperatura de 35º C – valor mais elevado no inverno deste ano. A previsão do Cepagri é de que a máxima seja semelhante neste sábado e há possibilidade de novo recorde.

Fonte: Baixa umidade do ar deixa Campinas em estado de alerta, diz Defesa Civil