As ruínas de Barão Geraldo

549
Hoje poderemos conferir uma postagem recheada de história e estórias! O grande amigo e colaborador Rusmea, dono do excelente blog Rusmea.com, onde podemos conferir curiosidades muito especiais a respeito da web, em especial da web Ásia, nos enviou um vídeoa respeito da exploração das ruínas de Barão Geraldo. O vídeo foi enviado ao senhor Rusmeapelo Mateus do blog Assombrado. O blog Assombrado está relacionado ao siteSobrenatural.org, que é um dos mais antigos e completos sites da categoria (o Sobrenatural.org foi um dos primeiros sites do gênero que eu frequentei, juntamente com o Apocalipse 2000 e o Boca do Inferno, portanto ele tem uma grande importância na criação do NS).
Tá confusa a história de como o vídeo tema dessa postagem chegou até o Noite Sinistracerto? Ela fica ainda mais confusa… O vídeo foi enviado ao Mateus pelo Daniel Pátaro, que é dono do canal do You Tube onde o vídeo está hospedado…Urbex Brasil.
E por que eu estou relatando tudo isso? Simples, quem me ajuda merece agradecimentos e referência.
E qual é a participação do Noite Sinistra nessa postagem que já envolve tanta gente?Bem, eu fiz a pesquisa histórica a respeito do local. Ruínas de casas antigas, prédios antigos, fábricas, etc…são temas que me atraem, afinal todos esses lugares foram testemunhas da história, e palco de muitas estórias de vida, de pessoas que conviveram e viveram nesses lugares. Convido todos os amigos e amigas a conhecerem um pouco mais a respeito dessa antiga fazenda de café, que hoje encontra-se em estado degradado, mas nem por isso perdeu o seu charme e imponência.

Um pouco de história sobre a Fazenda Santa Genebra

Antiga fazenda de café, localizada na cidade de Campinas e que foi de propriedade de Geraldo Ribeiro de Sousa Resende, o Barão Geraldo, o qual recebeu a fazenda como herança. Do avô materno, herdou a fazenda Rio das Pedras. As duas fazendas, Santa Genebra e Rio das Pedras, deram origem ao distrito de Barão Geraldo, em Campinas, assim chamado em sua homenagem. Geraldo de Resende era amigo íntimo de D. Pedro II. Foi vereador em Campinas entre 1883 e 1886, pelo Partido Conservador, e deputado geral do Parlamento Nacional, pouco antes da Proclamação da República, após o que, retirou-se da vida política e passou a se dedicar à cultura de café em sua fazenda, a Santa Genebra. Geraldo de Resende ficou conhecido como o “Barão do Café, por excelência”. Sua fazenda, na época, era consideradamodelo de inovação, com maquinaria avançada e modernas técnicas agrícolas. O sobrado majestoso que ostentava era confortável e de estética arrojada, tendo recebido ilustres visitas como a do conde D’Eu; o contra-almirante G. Fournier, comandante da Divisão Naval francesa no Atlântico; o conde Lalaing, ministro da Bélgica; W. Pocom, cônsul dos Estados Unidos da América; conde Antonelli, ministro da Itália; conde Michel de Giers, ministro da Rússia; Manuel Ferraz de Campos Sales, então presidente da província de São Paulo.
Aquarela da Fazenda Santa Genebra em 1900, que mostra o Barão Geraldo de Rezende (dir.) e sua família. Fonte: MIS-Museu da Imagem e do Som, Campinas-SP
O Barão Geraldo, fazendeiro progressista do “oeste paulista”, assim que recebeu estas terras, alforriou seus escravos e empregou trabalhadores assalariados, em sua maioria imigrantes, testando todas as inovações tecnológicas então existentes para agilizar o processo do plantio do café à moagem. Recebeu o título em 19 de junho de 1889, às vésperas, portanto, da proclamação da República. Originalmente, havia sido feito “Barão de Iporanga”, mas a pedido, o próprio Imperador tornou-o “Barão Geraldo de Rezende”.
Contam que o barão suicidou-se na sede da fazenda, em 1° de outubro de 1907, para não ter de deixá-la, já que havia perdido toda a fortuna e as terras estavam hipotecadas. O Barão Geraldo teria tomado veneno ao ver a sua fazenda Santa Genebra, a qual tinha dedicado parte de sua vida, ser tomada por hipoteca. Para saldar as dividas contraídas pelo Barão Geraldo quando da construção da Estrada de Ferro Funilense, que ligava a atual cidade de Cosmópolis (antes Fazenda Funil) ao bairro Guanabara, em Campinas, a fazenda Santa Genebra foi hipotecada pelo Governo Estadual, e posteriormente adquirida através do leilão pelo também fazendeiro senador Luiz de Oliveira Lins Vasconcellos e comprada posteriormente pelo seu irmão o banqueiro Cristiano Osório de Oliveira, pai do Sr. José Pedro de Oliveira casado com D. Jandyra Pamplona de Oliveira, ambos falecidos.
Abaixo poderemos conferir os vídeos da exploração das ruínas de Barão Geraldo
A partir de 2 minutos e 40 segundos de vídeo, começamos a ver algumas ruínas.



Essa postagem foi um oferecimento dos blogs Rusmea.comAssombrado e Daniel Pátaro

Fonte: As ruínas de Barão Geraldo | Noite Sinistra